Cresça o tráfego no seu funil

Facebook Ads – Criação de campanhas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Gustavo Anverze

Espero que esse conteúdo ajude você de alguma forma!

Com certeza a parte de criação de campanhas é um dos principais pontos no Facebook Ads, todas as outras ferramentas do Gerenciador de Negócios giram em torno das campanhas propriamente ditas.

O maior pré-requisito para seguir este guia é que você já possua uma conta no Gerenciador de Negócios. Caso ainda não possua, você pode clicar aqui e seguir este guia para criar a sua.

Depois de configurar todo o Gerenciador de Negócios e criar sua Conta de Anúncios, podemos seguir para a etapa onde você vai colocar os seus anúncios para rodar!

Como a intenção deste guia é ser técnico, aqui você vai ver bastante capturas de tela para que você saiba exatamente onde clicar para executar cada etapa.

Mas antes, o que é a Conta de Anúncios?

Parecido com o Gerenciador de Negócios, aqui também pode ser considerado como o seu centro de comando. Mas, neste caso, é totalmente focado nos anúncios.

É aqui que você vai criar novos anúncios, editar e otimizar os existentes, ver os relatórios de desempenho e muito mais.

Como você está usando o Gerenciador de Negócios, é importante saber que no começo, o Facebook te dá permissão para criar apenas uma Conta de Anúncios mas, depois de algumas semanas anunciando, você poderá criar mais uma (e isso é legal para criar uma estrutura de contingência, que falaremos mais para frente).

Como acessar a Conta de Anúncios

Caso você queira saber como chegar até a página de administração da sua Conta de Anúncios, basta seguir os passos abaixo. Mas recomendo que você salve a página nos favoritos para ser bem mais rápido de acessar futuramente.

O primeiro passo é entrar na página inicial do seu Facebook pelo computador, no perfil pessoal mesmo. Ali, existe um menu lateral na esquerda do site, em que você deve clicar em Ver mais e, em seguida, em Business Suite.

OBS: a posição dos botões varia de conta para conta, então esse item pode estar mais para baixo no seu perfil!

Ao clicar no botão, o Facebook vai te levar para uma página parecida com a abaixo. Vale ressaltar que, como eles passam por constantes atualizações, talvez o estilo da página esteja um pouco diferente quando você acessar.

Aqui, você deverá clicar em Mais ferramentas e, em seguida, Gerenciador de Anúncios.

OBS: Veja que aqui a posição dos botões também pode variar de conta para conta.

Ao clicar, você verá uma tela parecida com essa abaixo, onde é a sua central de criação de anúncios!

Recomendo fortemente que você salve esse link nos seus favoritos (CTRL + D no Chrome) para que, nas próximas vezes, você possa chegar de forma muito mais rápida até essa tela.

Agora que você está nessa tela, vamos direto para a criação dos seus primeiros anúncios!

Criando sua primeira campanha no Gerenciador de Anúncios

Como já configuramos tudo no capítulo anterior, você vai ver que criar seus primeiros anúncios não é tão difícil quanto parece – é relativamente fácil.

No Gerenciador de anúncios, você precisa passar por três níveis diferentes: o nível da campanha, o nível do conjunto de anúncios e o nível do anúncio. Vamos falar sobre eles agora!

Se você ainda está na tela inicial do Gerenciador de Anúncios, basta clicar no botão Criar para irmos para o nível de Campanha.

Nível 1 – Campanha

Quando você clica no botão Criar, vai encontrar uma tela para você escolher qual será seu objetivo com essa campanha de anúncios. Agora é hora de colocar em prática o objetivo que você escolheu lá no primeiro capítulo!

Para esse exemplo, escolhi o objetivo de Visualização de vídeo por ser um dos mais comuns quando as pessoas começam a anunciar, além de ser ótimo para criação de públicos de anúncios. Depois de escolher o objetivo, basta clicar em Continuar.

Agora você verá a tela com as configurações iniciais da campanha, como a da imagem abaixo. Recomendo que você coloque um nome na campanha que seja fácil para se lembrar do que ela se trata futuramente, quando você possuir mais campanhas.

Um padrão que gosto de usar é o seguinte:

  • [TAG] [TESTE / CONTÍNUO] [OBJETIVO] [TAG ESPECÍFICA] O que

Sendo que:

TAG: algo que faça você agrupar várias campanhas por algo genérico, como as iniciais do nome de quem está criando a campanha. No meu caso, coloco [GA].

TESTE / CONTÍNUO: identificar se essa campanha ficará sempre rodando (contínuo) ou se você está fazendo um teste para entender se teria um desempenho legal (teste).

OBJETIVO: aqui você informa o objetivo da campanha, que no caso desse exemplo é [VIDEO VIEW].

TAG ESPECÍFICA: algo que identifique essa campanha, como Lançamento Semente (ou LS), Produtos Destaque, Promoções, entre outros.

O que: é a intenção dessa campanha, podendo ser um lembrete para as pessoas, captação de leads, venda direta, entre outros.

Para o meu cenário de exemplo, o nome da minha campanha será:

  • [GA] [CONTÍNUA] [VIDEO VIEW] [LS] Captação de leads

Você não precisa seguir esse mesmo modelo. Este é um exemplo que aprendi com Pedro Sobral e acabou fazendo sentido para mim, pois facilita muito para encontrar as campanhas que quero quando existem várias criadas. Para relatórios também fica ótimo com um padrão desse estilo!

Porém, se você quiser testar outros métodos de organização, pode criar algo totalmente personalizado. Apenas procure escolher um modelo que facilite suas pesquisas futuras.

No restante dos itens do nível de campanha, você pode manter o padrão, por enquanto. Então, basta clicar em Avançar para criar o seu primeiro Conjunto de Anúncios.

Nível 2 – Conjunto de Anúncios

Com a campanha criada, chegou a hora de criar o seu Conjunto de Anúncios. É nele que fica a maior parte da inteligência da sua campanha e é nele que está a maior parte das configurações.

E para continuar no ritmo da etapa da campanha, aqui o primeiro campo já é de nomenclatura e também deverá seguir um padrão para te ajudar nas análises futuras.

O padrão de nomenclatura dos conjuntos de anúncios é um pouco mais simples e consiste basicamente nos pontos:

  • 00 – [POSICIONAMENTO] Nome do público

Sendo que:

00: posição desse público na hierarquia de importância para você. Falaremos mais sobre públicos futuramente, mas o público 00 é o mais quente para você, o 01 é mais frio do que o 00, o 02 é mais frio que o 01, e assim por diante.

POSICIONAMENTO: é o lugar que seu anúncio será mostrado, podendo ser Stories, Feed, entre outros.

Nome do Público: aqui você informará para qual público está anunciando. Você escolherá ele ainda nessa tela!

Para o meu cenário de exemplo, o nome da minha campanha será:

  • 00 – [FEED] Interesses em marketing

Os próximos campos que aparecerão dependem do objetivo de campanha que você escolheu, porém a lógica segue da mesma forma.

Se quiser, você pode voltar para o nível de campanha e selecionar um outro objetivo para ver as diferenças de opções no Conjunto de Anúncios entre um objetivo e outro. Mas as opções comuns e principais entre todos os objetivos são as seguintes:

  • Orçamento
  • Público
  • Posicionamentos

Como para este exemplo estou usando campanha com objetivo de Visualização de vídeo, estas são as opções que o Facebook me dá para o Conjunto de Anúncios:

  • Criativos Dinâmicos: ele já é o próximo campo e, nele, você deve enviar várias opções de vídeos para que o Facebook teste vários ao mesmo tempo. Por conta disso, é recomendado apenas quando você precisar testar muitos vídeos em um curto período de tempo. Falaremos melhor sobre essa opção futuramente, então, por hora, a deixaremos desativada.
  • Orçamentos e programação: nesta seção você pode escolher entre orçamento diário ou vitalício. No diário você pode deixar os anúncios rodando por tempo indeterminado, sem um prazo final (mas você pode escolher uma data de término se desejar) e, o valor que você informar ao lado, será seu custo diário com esse Conjunto de Anúncios. No orçamento vitalício, você precisa escolher uma data de término para que os anúncios desse Conjunto parem de rodar e, o valor que você informar ao lado, será o total gasto durante o período determinado, e não um valor diário. Outra observação do vitalício é que você pode escolher dias da semana e horários que seus anúncios serão exibidos (ótimo para restaurantes, por exemplo).
  • Público: aqui é onde você define o público-alvo que deseja que seus anúncios apareçam. Você pode escolher se quer mostrar pro Brasil todo, só para sua cidade ou para o mundo todo. Também pode escolher a faixa etária, gênero, idioma e o direcionamento detalhado, que é onde vamos selecionar os possíveis interesses que nosso público tem. Nesse exemplo, selecionei interesses relacionados ao Marketing Digital.

Basta digitar algum termo relacionado ao seu nicho para aparecer opções relacionadas! Você pode escolher uma ou várias.

Como público é um pouco mais extenso que isso, temos um capítulo exclusivo para falarmos dele, incluindo os Públicos Personalizados, hierarquia e tudo mais.

  • Posicionamentos: você pode optar por fazer com que o Facebook decida os canais automaticamente, ou você mesmo pode escolher manualmente. É melhor escolher canais manuais caso você deseje exibir seus anúncios em computadores, dispositivos móveis, coluna da direita, Instagram, Audience Network, Messenger ou apenas no Feed do Instagram. O posicionamento manual dá a você controle sobre seus anúncios. Para nosso exemplo, usaremos o posicionamento manual e mostraremos o vídeo apenas no Feed do Facebook e do Instagram.
  • Otimização e veiculação: aqui você consegue ver e escolher como que o Facebook irá fazer a otimização dos seus anúncios e quando ele fará a cobrança da sua conta. Esses campos você pode deixar o padrão do Facebook que na maioria das vezes tem um desempenho muito bom!

Agora que terminamos as configurações do Conjunto de Anúncios, é hora de irmos para os anúncios!

Nível 3 – Anúncios

Antes de começarmos a criar o anúncio, é importantíssimo que você conheça as regras sobre o que pode e o que não pode anunciar dentro do Facebook Ads. Para isso, basta clicar aqui para conhecer as regras de anúncios.

Assim como acontece no nível de Conjunto de Anúncios, aqui as opções também irão variar de acordo com o objetivo de campanha que você escolheu.

Se você escolher Reconhecimento da Marca como seu objetivo, verá algumas opções no nível do anúncio. Se escolher Conversões, verá algumas opções diferentes, alternativas que fazem sentido para a campanha atual.

Como escolhemos Visualizações de Vídeo para o exemplo deste capítulo, estas são as opções disponíveis no nível de Anúncio:

Nome do anúncio

Assim como nos níveis anteriores, nos anúncios você também deve escolher um nome para organizar a sua estrutura. Aqui a nomenclatura sugerida é bem mais simples, basta seguir o padrão abaixo:

ADX – Descrição do anúncio

Sendo que:

ADX: a ordem que o anúncio foi adicionado – AD1, AD2, AD3…

Descrição do anúncio: fale se é uma foto ou um vídeo e também uma descrição curta para que você se lembre do que se trata futuramente.

 Exemplo: AD1 – Vídeo curto sobre marketing

Identidade

Nesta seção você deve selecionar a página do Facebook e a do Instagram que deverão veicular os anúncios. Se você tem mais de 1 página vinculada à sua conta, tome muito cuidado ao fazer as seleções, pois os anúncios aparecerão para as pessoas usando essas páginas.

Configuração do anúncio

Aqui você escolherá entre usar um vídeo (ou imagem) existente no seu perfil, ou usar um vídeo totalmente novo que esteja no seu computador. Além disso, você pode testar a experiência instantânea, que faz com que seu anúncio apareça em tela cheia quando clicado. Você pode entender melhor sobre a experiência instantânea clicando aqui.

Criativo do anúncio

Se você optou por usar uma publicação existente, aqui você poderá selecionar a sua publicação do Instagram ou do Facebook e usá-la como anúncio. Se você optou por criar o anúncio, deverá selecionar o vídeo (ou imagem) do seu computador e, em seguida, informar o campo de Texto principal, URL do site e escolher a Chamada para ação adequada.

Idiomas

Caso você queira atingir pessoas de outros idiomas, poderá criar uma tradução automática ou enviar seu arquivo de tradução por aqui!

Rastreamento

Aqui você pode escolher a forma que o Facebook entenderá quando um evento for efetivado, como uma visualização de vídeo. Por hora, você pode deixar estes campos da forma padrão.

Considerações

Ao terminar de criar o seu anúncio, eu recomendo fortemente que você crie pelo menos mais 1 anúncio dentro do Conjunto de Anúncios, para que você possa entender qual tipo de vídeo, imagem ou texto traz um desempenho melhor pro seu negócio.

Para isto, basta duplicar o anúncio criado seguindo a imagem abaixo e, em seguida, alterar o nome do novo anúncio para AD2 – Nome do novo vídeo e alterar o vídeo para algum outro que você possa ter ou então alterar o texto principal.

Depois de duplicar o anúncio, caso você possa investir mais do que R$ 12,00 por dia, recomendo que você faça o mesmo processo para o Conjunto de Anúncios e o duplique também, seguindo a imagem abaixo!

A intenção aqui é alterar o público-alvo para que você possa testar um novo público e entender qual dos dois tem um melhor desempenho e mais chance de realizar a ação desejada da campanha.

Para esse momento, coloque 50% da sua verba em cada um dos Conjuntos de Anúncios (sendo no mínimo R$6,00 em cada conjunto). Dessa forma, você consegue analisar qual conjunto tem melhor desempenho e, futuramente, fazer as otimizações que falaremos nos próximos capítulos!

Colocando seus anúncios no ar

Agora que você criou uma ótima estrutura para testar seus anúncios e públicos, vamos enviar toda a sua campanha para aprovação do Facebook.

Para isto, feche a janela de criação dos anúncios clicando no X e, na nova janela, confirme o fechamento.

Quando fechar, você verá um botão azul no canto superior direito da tela, chamado Conferir e publicar. Basta clicar nele para ver uma nova janela, em que você deve conferir quais campanhas, conjuntos de anúncios e anúncios tiveram alterações e, se você ver que está tudo certo, clique em Publicar.

Pronto!

Agora seus anúncios foram enviados para análise e dentro de poucas horas já estarão rodando.

Caso você tenha alguma dúvida, não hesite em me perguntar pelos comentários aqui abaixo.

Até mais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Gustavo Anverze
Gustavo Anverze
Gestor de tráfego e programador, apaixonado por viajar. Compartilho algumas dicas para que você consiga melhorar seu tráfego, seus sites e seus funis de venda!
Posts Relacionados

Posts Populares

Você quer mais tráfego?

Então clique no botão abaixo, selecione uma opção, e vamos conversar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.